Mundo Estados Unidos

Brazilian Regional Markets: Em Nova York, Governo do ES assina ordem de serviço para Estação de Água de Reúso em Vitória

Por Regional ES

14/05/2024 às 06:54:52 - Atualizado há
Foto: Reprodução / Representantes da GS Inima e Cesan ao lado do Governador Renato Casagrande

Depois de reunir mais de 600 empresários e investidores nacionais em São Paulo, o evento Brazilian Regional Markets (BRM) deu um passo significativo ao realizar sua primeira edição internacional ontem (13) no Harvard Club, em Nova York, no momento em que a cidade recebe a Brazil Week. Neste encontro, promovido pela Apex e EQI Investimento, os mercados regionais brasileiros fora do eixo Rio-São Paulo foram o centro das atenções.

THOMAZINE

Governadores, prefeitos e empresários apresentaram para investidores globais as potencialidades econômicas e de negócios dos estados do Espírito Santo, Santa Catarina e Paraná. Na plateia, gestores de fundos de investimentos brasileiros e americanos e empresários interessados em investimento.

Multinacional vai investir R$ 240 milhões na construção de estação em Camburi

Durante o evento Brazilian Regional Markets, promovido pela Apex e EQI em Nova York, a Cesan, o Governo do ES e a GS Inima assinaram a ordem de serviço para o início das obras da Estação de Produção de Água de Reúso em Vitória pela GS Inima, empresa vencedora do leilão promovido pela Cesan.

A empresa de base espanhola e coreana investirá R$ 240 milhões na construção da estação que começará a operar daqui a 24 meses. A unidade vai tratar esgoto de Vitória e Serra e transformá-lo em água reciclada (não potável) que será destinada aos processos industriais da ArcelorMittal Tubarão. Assim, a indústria deixa de "disputar" água potável com os consumidores residenciais.

CRICARE

"Estamos apresentando oportunidades para o mercado nacional e internacional. Em outubro vamos realizar a maior PPP da história do estado do ES, de R$ 7 bilhões, que vai permitir a universalização do saneamento e estamos desenhando uma PPP de água de reuso para a Vale, que é algo extremamente sustentável. Segundo o Instituto Trata Brasil, esses investimentos em saneamento vão gerar cerca de 20 mil empregos no Espírito Santo, além de elevar o IDH e incentivar o turismo", afirmou o presidente da Cesan, Munir Abud.

Durante sua fala, Marcel Malczewski, CEO da TM3 Capital, enfatizou as oportunidades de investimentos presentes nos estados do Espírito Santo, Santa Catarina e do Paraná. Durante o evento, Marcel destacou a capacidade dessas regiões em suprir as demandas dos empresários, mesmo estando fora do tradicional eixo RJ-SP.


"Ao longo dos anos, todos buscaram dinheiro e orientação financeira no Rio de Janeiro e em São Paulo, mas é importante compreender que Santa Catarina, Paraná e Espírito Santo possuem instituições financeiras capazes de atender às necessidades dos empresários. Gostaria de ressaltar o significativo crescimento desses estados, que está muito acima da média nacional. Este crescimento é sustentável, não é oportunista; são estados bem geridos que estão recebendo investimentos importantes a longo prazo. A presença de um grande número de empresários brasileiros e americanos neste evento demonstra o interesse em conhecer as oportunidades disponíveis", afirmou o CEO da TM3 Capital.

Durante o evento, o presidente da G4 Educação, Tallis Gomes, trouxe reflexões sobre o empreendedorismo nos mercados regionais. Ele analisou os empreendedores nessas regiões tendem a adotar uma abordagem mais cautelosa na alocação de capital e investimentos. Ao analisar o cenário empresarial, Tallis observou que muitos negócios apresentam uma solidez, porém carecem de ousadia para expandir.

"Observamos negócios extremamente sólidos, mas que ainda precisam ousar para expandir, saindo da média de crescimento e buscando metas de crescimento mais ambiciosas. Por isso, a importância de buscar profissionais de mercado que tragam inovações e expertise em gestão para impulsionar esse crescimento".

Rafael Andaku, diretor de Research da Apex, apresentou dados preliminares do projeto 100% Cidades, da Futura Inteligência, que levanta dados econômicos e políticos primários das 100 maiores cidades do país. Ele destacou que muitos investidores deixam de olhar para as cidades brasileiras devido à escassez de dados microeconômicos para embasar decisões e compreender hábitos de consumo, comportamentos e tendências.

"Como parte do 100% Cidades, apresentamos um panorama dos serviços financeiros em seis capitais fora do Rio de Janeiro e de São Paulo: Belém, Salvador, Vitória, Curitiba, Florianópolis e Goiânia. Nessas cidades, os bancos públicos são os mais lembrados, com exceção de Curitiba, onde o Itaú é mais destacado. Em média, os bancos mais utilizados são Caixa, Nubank, Itaú e Banco do Brasil, respectivamente. Esse tipo de informação é essencial para guiar potenciais investidores interessados nos mercados regionais", analisou Andaku.


Fonte: Folha Vitória
Comunicar erro
Regional ES

© 2024 Regional ES - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Regional ES