Sa√ļde Esp√≠rito Santo

ES registra recorde com 91 mortes e mais de 120 mil casos de dengue

Autoridades estão preocupadas, pois o verão est√° pr√≥ximo e com ele chega o per√≠odo de chuvas, t√≠pico da estação, que pode agravar ainda mais o problema

Por Regional ES

21/11/2023 às 16:35:30 - Atualizado h√°
Foto: Reprodução/Freepik - @jcomp

Ainda falta pouco mais de um m√™s para 2023 terminar, mas o ano j√° registrou um novo recorde de casos de dengue no Espírito Santo. Entre 1¬į de janeiro e 11 de novembro, o Estado contabilizou 183 mil notificações. Desse total, 120.806 casos e 91 mortes pela doença foram confirmados.

Os números superam 2013, com 83 mil casos e 36 mortes, e 2029, com 81 mil casos e 50 óbitos. No ano passado inteiro, foram cerca de 11 mil casos e 7 mortes.

THOMAZINE


Diante do cen√°rio atual, as autoridades estão preocupadas. É que o verão est√° cada vez mais próximo e com ele chega o período de chuvas, típico da estação, que pode agravar ainda mais o problema.

"Nós nem começamos o verão e estamos com essa quantidade enorme de casos. Quando chega o verão, a proliferação do mosquito tende a ser mais r√°pido, o ciclo mais curto e aí a oportunidade que ele encontra com criadouros, com depósitos nos imóveis e em locais propícios, então, isso favorece também o aumento da proliferação, e aí consequentemente h√° um maior número de pessoas que pode ser infectado pela doença", alerta Orlei Cardoso, sub secret√°rio estadual de Vigil√Ęncia Sanit√°ria.

"O agente de endemias não d√° conta por si só, porque ele tem um ciclo, um período que ele passa no imóvel para visitar, mas o ciclo do mosquito é de sete dias. Então se cada um não fizer a parte dele bem feita, o agente por si só não vai dar conta. Então o que tem trazido essa situação de maior risco é que nós temos dado condições favor√°veis para ele dentro das nossas casas", destacou Orlei.

VOLTIX


A aposentada Rose Gomes adora plantas. Costuma passar parte dos seus dias cuidando de todas que t√™m em casa. Ela aduba os vasos, rega e o principal: toma os cuidados necess√°rios para não deixar √°gua empoçada.

"Antes eu colocava na √°gua, né? Algumas plantas de √°gua, por exemplo, a jiboia, eu tinha na √°gua, a batata-doce, que voc√™ colocando na √°gua brota e fica uma planta linda, para decoração de casa, sala, varanda. Quando começou o problema da dengue, eu optei mais por terra e areia", contou.

Em Vila Velha, são mais de 14 mil casos em 2023, com sete mortes. De acordo com a administração municipal, o combate ao mosquito foi intensificado com visitas em praias e feiras livres.

J√° Vitória não divulgou os dados. Porém, além das ações de rotina, a prefeitura da afirmou usar drones para facilitar o mapeamento dos locais mais vulner√°veis ao risco da doença.

*Com informações de Alex Pandini, repórter TV Vitória/Record

Fonte: Folha Vitória
Comunicar erro
Regional ES

© 2023 Regional ES - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Regional ES