Destaque Distrito federal

Massacre de pets: homem é preso em Goiás após matar animais para forçar mulher a responder mensagens

Ele foi preso por agredir companheira, queimar suas roupas e abater seus animais de estimação

Por Regional ES

21/11/2023 às 13:08:17 - Atualizado há
Homem matou coelho de estimação e mandou foto para amulher ?- Foto: PCGO/Divulgação

A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu um homem na última segunda-feira (20), em Luziânia, no Entorno do Distrito federal, por ameaça, injúria, dano e maus-tratos a animais. Segundo os agentes, ele matou diversos animais para obrigar a ex-companheira a responder suas mensagens.

As forças de segurança se mobilizaram após uma denúncia relacionada a violência doméstica e familiar envolvendo o investigado, de 45 anos, contra uma mulher, de 47. O homem agrediu a vítima, queimou suas roupas e fez ameaças.


Toda a situação de maus-tratos foi registrada pela própria vítima, que recebia fotos enviadas pelo homem para torturá-la psicologicamente. Ele dizia que, se ela não respondesse, iria matar todos os animais.

— Desde sábado, após ter sofrido ameaças, ela se afastou dele e ele vem forçando o contato. Começou a mandar mensagens e ligações. Como ela não atendeu, ateou fogo na roupa da vítima e mandava fotos para ela. Como ela não atendeu, ele resolver abater o coelho de estimação que ela recebeu para tratar de uma depressão. Primeiro ele mandava foto dos animais vivos, depois mortos — disse o delegado Rony Loureiro.

Entre as fotos, o homem mandou registros do coelho de estimação da vítima já morto. A mulher se desesperou e, em seguida, recebeu novas fotos de suas calopsitas decapitadas.

DIVINO SABOR
Fonte: Extra Noticias
Comunicar erro
Regional ES

© 2024 Regional ES - Todos os direitos reservados.

•   Política de Cookies •   Política de Privacidade    •   Contato   •

Regional ES