TRABALHADOR

Homem é preso por manter a companheira em cativeiro por 5 meses na Serra, ES

Os vizinhos disseram que nunca tinham visto a vítima na residência, localizada na Serra, na Grande Vitória. O agressor já tinha um mandado por outro crime em aberto, expedido em Minas Gerais.

Por Regional ES em 28/11/2023 às 06:56:42

Foto: Divulgação/Sesa

Por cinco meses, uma mulher de 20 anos foi mantida em cativeiro pelo companheiro, no bairro Novo Horizonte, na Serra, na Grande Vitória. Os policiais foram informados que a vítima era forçada a pedir autorização para tudo: desde sair de casa para comprar pão até enviar mensagens no celular.

O agressor, um homem de 31 anos, foi preso e conduzido ao Plantão Especializado da Mulher (PEM). Ele j√° tinha um mandado de prisão em aberto expedido pela comarca de Rio Casca, em Minas Gerais.

CRICARE


O crime foi descoberto no s√°bado (25) quando uma técnica de Enfermagem do Samu pediu apoio. Quando os policiais militares chegaram em Novo Horizonte, a técnica informou que sua paciente tinha relatado que sofria agressões físicas e psicológicas, não podia ter contato com ninguém, também não podia ter celular e quando queria sair de casa para fazer tarefas simples, como ir na padaria, tinha que pedir autorização ao homem e se a mesma não o obedecesse, ele a agredia.

De acordo com os policiais militares, em sua primeira tentativa de conversar com a vítima, descobriram que ela estava dopada de remédios controlados para depressão. Após ser medicada pelos profissionais do Samu, a jovem conseguiu conversar de forma clara com os policiais.

Segundo o boletim, ela disse que não conseguia ter vontade própria, que ficava trancada em casa e que se ela quisesse entrar em contato com os familiares, era o homem quem digitava os textos e ela respondia somente da maneira que ele autorizava".
THOMAZINE

Ainda de acordo com os policiais, o agressor disse que morava no bairro h√° pouco tempo e que as acusações da vítima eram falsas. Ele disse que a mulher sofria de depressão - por ter perdido a mãe recentemente -, tomava medicamento controlado e usava entorpecentes. Também disse que "a esposa não estava respondendo por si".

A Polícia Civil informou que o homem foi conduzido ao PEM e foi autuado em flagrante por lesão corporal e c√°rcere privado, ambos na forma da Lei Maria da Penha. Além disso, informou também que o homem tinha um mandado de prisão em aberto e foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV).

*Texto produzido por Carla Nigro, aluna do 26¬ļ Curso de Resid√™ncia em Jornalismo. Este conteúdo teve edição e supervisão de Vitor Ferri.


Fonte: G1

Comunicar erro
DENGUE

Coment√°rios

CIDADE FM